Editorial

Nos últimos anos, vivenciamos um dos períodos mais turbulentos da história do Brasil e do mundo. A pandemia de Covid-19 teve impactos devastadores no país, agravando a crise política, econômica e fiscal. A “peste” do século 21 isolou a humanidade de maneira jamais vista e sequer imaginada nas últimas gerações. Centenas de milhares de brasileiros tiveram suas vidas ceifadas. Perdemos colegas Auditores-Fiscais, perdemos amigos, perdemos familiares. A catástrofe sanitária deixou marcas que vão perdurar em todos nós.

Defesa Profissional atua em várias frentes para assegurar direitos da classe

Restabelecer o porte de armas teve uma carga simbólica muito evidente na luta por melhores condições de segurança e de trabalho. Mas a tranquilidade e, em especial, a dignidade dos Auditores-Fiscais demandam também o cumprimento de diversos outros quesitos. Para que sejam respeitados, é primordial a atuação da Diretoria de Defesa Profissional.

Diretoria de Comunicação amplia canais de interação com filiados e inova em ações durante pandemia

Do ponto de vista temporal, a pandemia de Covid-19 coincidiu com quase dois terços da gestão da atual Direção Nacional do Sindifisco, sem que essa adversidade de proporções globais tenha representado uma interrupção nos serviços prestados pela entidade ou qualquer tipo de comprometimento da comunicação com seus filiados. Ao contrário disso, o Sindifisco Nacional, mesmo numa conjuntura desfavorável, potencializou as ferramentas de comunicação com os Auditores-Fiscais, manteve projetos já em curso na área e implementou uma séria de novas ações.

Bônus de eficiência: pauta prioritária desde o início da atual gestão

Quando o bônus de eficiência encontrou seu endereço definitivo, na Lei nº 13.464/17, o horizonte indicava a conclusão de uma luta histórica. Passados pouco mais de quatro anos, não restam dúvidas: naquele momento, os Auditores-Fiscais ainda estavam no início do combate, e viriam a enfrentar as batalhas mais duras a partir de 2019.

Administração e Finanças: investimento em modernização garantiu sucesso diante dos desafios

A modernização do Sindifisco Nacional é um dos maiores legados da gestão “Novo Rumo” (2019-2021). Graças aos significativos investimentos em tecnologia, a entidade pôde aperfeiçoar e ampliar a prestação de serviços aos filiados em todos os setores. Essa modernização também se estendeu à gestão interna de pessoas, por meio do projeto Colabore, lançado em 2019.